Escolhendo um novo cachorro depois de perder um 

Escolhendo um novo cachorro depois de perder um não é uma tarefa fácil. Você teve 10 ou 12 ou até mesmo 18 anos maravilhosos com seu cachorro, sua rotina juntos eram perfeitas. Seu cachorro se encaixava perfeitamente na sua vida. Mas, como todos sabemos, nossos amigos de quatro patas nunca ficam conosco por tempo suficiente, e chegou a hora de nos despedirmos. Depois de aceitar o luto, você chegou ao ponto de se sentir pronto para tentar encontrar um novo cachorro para adicionar a sua família. Mas você pode descobrir, como muitos outros, que pode ser extremamente difícil encontrar a combinação perfeita depois de perder um cachorro que era uma parte tão importante de sua família. Caso tenha alguma dúvida sobre quando começar a educa-lo, recomendo que leia este artigo

Pensando nisso, vou te dar algumas dicas para ajudá-lo neste processo: 

1) NÃO SE PRECIPITE EM NADA. 

Sempre que um pessoa está escolhendo um novo cachorro depois de perder um, ela tem de tomar cuidado. Um dos maiores erros que as pessoas cometem é tentar preencher o buraco deixado pelo último cachorro. Isso pode levar a decisões precipitadas como a escolha de um filhote em um momento que você não tem tempo para se dedicar a essa fase de adaptação. Afinal, filhotes exigem um maior cuidado e atenção. A vida com um filhote é diferente de uma vida com um cachorro adulto que já está adaptado a rotina. Primeiro dê um tempo para você mesmo, conheça seus limites e não os force a fim de encobrir a dor que você está experimentando. 

2) ESCOLHA O TEMPERAMENTO EM VEZ DA APARÊNCIA.  

Pode ser muito tentador se apaixonar por um cachorro novo porque alguma característica física o lembra do seu último cachorro. Ou talvez você goste do fato de que o cão não se parece em nada com o seu último cão. O erro aqui? Escolher um novo cão com base apenas na aparência. O que tornava seu último cachorro uma parte tão maravilhosa de sua família não era a aparência, era seu temperamento e personalidade única.  

“Portanto, concentre-se em encontrar um cachorro que se encaixe em seu estilo de vida, com isso você terá um cachorro que vai te trazer alegria por meio de sua personalidade, não de sua aparência.” 

3) NÃO PENSE EM UM NOVO CÃO COMO UM “SUBSTITUTO”. 

Essa é a armadilha mais comum em que as pessoas caem sabia!? Elas compram um cachorro e esperam que ele seja EXATAMENTE igual ao outro… Não preciso falar nada né? Você não está apenas se preparando para a decepção, mas também está preparando seu novo cão para o fracasso! Essa é a verdade! Ele nunca será capaz de substituir seu último cão. Em vez disso, concentre-se nas maravilhosas maneiras como seu novo cachorro é único. Aquele cachorro que a gente olha e pensa que parece uma pessoa saca? Você e seu novo cachorro serão muito mais felizes dessa forma. 

4) ENTENDA QUE LEVARÁ TEMPO PARA FORMAR UM VÍNCULO COM UM NOVO CÃO. 

O vínculo com um novo cão pode levar um tempo, especialmente para aqueles que tiveram um vínculo extremamente próximo com seu último cão. Você pode sentir que nunca vai se relacionar com seu novo cão da maneira que fazia antes com o outro mas não caia nessa ilusão! Por exemplo; o seu outro cachorro ficou contigo por quase sei lá, 18 anos? Esse está com você a quanto tempo? 30 dias? É uma comparação injusta entende? Portanto, não se pressione tanto!  

5) CONCENTRE-SE NA DIVERSÃO EM VEZ DE “OBEDIÊNCIA”.  

Parte do processo de vínculo com seu novo cachorro deve se concentrar menos em “comandos” e “obediência” e se concentrar mais em construir um relacionamento com ele.  

“Como você se sentiria se entrasse em uma casa desconhecida cheia de estranhos e as pessoas lá dentro imediatamente começassem a gritar ordens para você?” 

– “Bob, sente-se!” 

– “Lave a louça!” 

– “Bob Saia desse sofá! ”  

Não dá né? –‘ 

Certamente depois disso você não seria capaz de se relacionar com essas pessoas estranhas e mandonas lá dentro. Portanto, compreenda o período de transição pelo qual seu cachorro está passando. Saiba que é difícil para eles também! Cansei de atender clientes que o cachorro era medroso.. Antes de resolver o medo vamos primeiro criar a conexão, o relacionamento, depois disso você se preocupa em trabalhar o comportamento. Você só precisa ter paciência e não esquecer de recompensar seu cachorro quando ele fizer algo certo

Sim eu sei, qualquer pessoa que está escolhendo um novo cachorro depois de perder um ela está meio abalada emocionalmente, não é uma tarefa fácil! Mas com certeza seu novo cachorro irá te trazer muitas felicidades! Brinque com ele, leve-o para um passeio no parque, faça cafuné, você escolhe! Lembre-se de que seu novo filhote vai trazer tanto amor e alegria para sua vida quanto o último. Dê a ele somente essa chance de poder fazer isso!  

Muito obrigado pela leitura e e pelo seu tempo! Espero que eu tenha te ajudado e clareado um pouco mais as coisas na sua mente 😀 

Faça parte da minha Lista VIP

Você receberá conteúdos exclusivos que tornarão seu cachorro educado, obediente e sociável!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

Herbert Reis
Herbert Reis

As práticas, técnicas e metodologias que eu desenvolvi, estão sendo procuradas por pessoas de outros países, atendendo clientes em Orlando, Miami e Portugal. Saiba Mais.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *